Voltar para a página inicial

 » Eventos AAPI

PROJETO ARTE BAIRROS

O Projeto teve início no dia 03/02/2014 e está em pleno desenvolvimento.
2. Estamos com 10 professores porque acrescentamos as aulas do Prof. Melchiades Floriano Pereira Júnior (demitido) às do Prof. Nazildo Pedro Rebelo e a Prof. Sônia Maria Peres de Jesus afastou-se, no dia 18 de agosto, por motivo de doença. Houve a rescisão do Prof. Juliano Aragão e contratamos a Professora Dayse Nara Marcelino, para ministrar aulas em pintura em tela e Izolda Máximo Poleza, em artesanato.
3. Permanece inalterada a situação financeira, mas esperamos que, nos próximos dois meses, possamos solver os compromissos pendentes, antes as medidas adotadas.
4. Segue abaixo a relação dos monitores, a especialidade, o local e a quantidade de alunos participantes:

1 – BRUNO FORTES - Percussão
À disposição da Secretaria da Educação
Total de Alunos 73
------------------------------------------------------------------------------------------
2 - CAROLINA DE MELLO BARBOSA – Dança
Associação de Moradores – Bambuzal (2 turmas)
CRAS Promorar (2 turmas)
Total de Alunos 54
------------------------------------------------------------------------------------------
3 – CLÁUDIA REGINA MAFRA MINELLA – Bordado
Capela Santa Clara - Rio Bonito
CAL - Itaipava
CMU - Cordeiros
CMU - Fazenda
CMU - Rio Bonito
Instituto Poli - Murta
Total de Alunos 84
------------------------------------------------------------------------------------------
4 - DAISY NARA MARCELINO –Pintura em Tela
Capela Perpétuo Socorro – Cordeiros
CMU – Cordeiros
CMU – Fazenda
Total de Alunos 69
------------------------------------------------------------------------------------------
5 - IONE DE SOUZA- Artesanato em Madeira e Pintura em Tecido
Capela Perpétuo Socorro – Cordeiros
CMU - Fazenda
CMU - Rio Bonito
Ofearte–Vila Operária (2 turmas)
Total de Alunos 76
------------------------------------------------------------------------------------------
6 – IZOLDA MÁXIMO POLEZA – Artesanato
Capela Perpétuo Socorro – Costa Cavalcante
Capela Santa Luzia – Espinheiros
CAL – Espinheiros (2 turmas)
CMU Fazenda
CMU Promorar
Escola João Paulo II – Cordeiros
Total de Alunos 92
------------------------------------------------------------------------------------------
7 - MARIA DO SOCORRO NASCIMENTO –Artesanato em Tecido
Associação de Moradores – Bambuzal
CAL - Costa Cavalcante
Capela Santa Clara - Rio Bonito
CMU – Cordeiros
CMU - Rio Bonito
Total de Alunos 67
------------------------------------------------------------------------------------------
8 - NAZILDO PEDRO REBELO – Violão
Associação de Moradores – Bambuzal
Capela Perpétuo Socorro – Cordeiros
Capela Santa Clara – Rio Bonito
Casa da Providência - Salseiros
CMU - Cordeiros
CMU - Fazenda (2 turmas)
CMU - Promorar (2 turmas)
CMU - Rio Bonito
Instituto Poli - Murta
Museu Etnográfico - Itaipava

Total de Alunos 146
------------------------------------------------------------------------------------------
9 – RONIRLEI FABRICIANO DA GRAÇA– Dança
Institulo Poli (2 turmas) 32
À disposição da Secretaria da Educação (Demais horários) 28


Total de Alunos 60
------------------------------------------------------------------------------------------
10 – SÉRGIO ROBERTO MOTA SPEZIM JÚNIOR– Violão

À disposição da Secretaria da Educação


Total de Alunos 60
------------------------------------------------------------------------------------------


11 – SONIA MARIA PERES JESUS – Artesanato
Capela Perpétuo Socorro – Costa Cavalcante
Capela Santa Luzia – Espinheiros
CAL – Espinheiros (2 turmas)
CMU Fazenda
CMU Promorar
Escola João Paulo II – Cordeiros
Total de Alunos --

------------------------------------------------------------------------------------------

TOTAL GERAL DE ALUNOS 781
-------------------------------------------------------------------------------------------
5. Os alunos das oficinas de pintura em tela estão desenvolvendo temática própria, que consiste em registrar em fotografia uma paisagem e/ou um detalhe do cotidiano, transferir para a tela e pintar, criando composição única através de cada olhar que compôs a foto. Esse exercício captura detalhes que muitas vezes passam despercebidos por nós, mas que podem fazer toda a diferença, além de desenvolver a criatividade no enquadramento do tema escolhido.
6. De resto, não houve alteração no acompanhamento semanal das oficinas, em todos os bairros, permitindo as adequações necessárias e delineadas anteriormente.



 

PROJETO INHOTIM

            Para dar continuidade ao aprimoramento técnico-artístico dos nossos associados e membros da comunidade interessados em ingressar e desenvolver atividades no meio, proporcionando educação, cultura e lazer, sumarizamos o complexo de Inhotim para facilitar a visitação, entre 08 e 14/11/2010, localizado em Brumadinho (MG), a 60 km de Belo Horizonte.

2.         Desde 1980, está em gestação o complexo museológico, ocupando 97.000 m2, numa área de 786 ha, então visitado e orientado pelo paisagista Roberto Burle Max. A contínua expansão vem permitindo novos enfoques e aumento do acervo em formação desde 1990. Hoje, de relevância mundial, as mais de 500 obras de arte contemporânea compreendem pintura, escultura, instalação, desenho, fotografia, filme e vídeo.

3.         O Instituto não só em artes visuais realiza um trabalho ímpar no mundo, mas dedica-se à preservação de espécies, do meio ambiente, do patrimônio histórico e cultural e à inclusão das comunidades.
3.1    Na botânica, tem por missão Inhotim divulgar e sensibilizar sobre a relevância da biodiversidade vegetal para a sobrevivência humana. O acervo botânico está focado por grupos com valor paisagístico, mas há preocupação pela representatividade filogenética, com mais de 4.300 espécies, destacando-se possuir a maior coleção de palmeiras, com 20 mil indivíduos.
3.2   A estética do paisagismo contempla maciços ou manchas de espécies, a surpresa como linguagem paisagística, a ampliação do vocabulário paisagístico com novas espécies e uso específico de materiais.
3.3   A responsabilidade ambiental do Inhotim se revela como objetivo e premissa, considerada a magnitude da área (786 ha.) e a existência de dois biomas: predominância da mata atlântica com encraves de cerrado, no topo das serras. Entre as questões significantes tratadas está o uso consciente dos recursos materiais, a economia na utilização de matérias primas, a geração de resíduos, a sua reutilização e reciclagem.
3.4   Manifesta-se a valorização do patrimônio, no segmento de Inclusão e Cidadania do Instituto, com ações educativas na comunidade, apoiando e estimulando o desenvolvimento de projetos, seja para retomar a tradição musical de Brumadinho, seja para recordar as danças e celebrações tradicionais com traços sincréticos de religiosidade ou de natureza étnica, seja para pôr em relevo a memória e tradição regional.
3.5   O patrimônio material é expresso com a revitalização de praças da cidade em parceria com a Prefeitura Municipal e forte participação da comunidade.

4.         Além dos monitores do próprio Instituto, temos como convidado o artista plástico, professor da UFPA e Mestrando Alexandre Romariz Sequeira da UFMG, para nos guiar e conduzir ao campo para melhor absorver a grandiosidade da obra que é Inhotim. Mais informações: www.inhotim.org.br.

 

5.         A programação da viagem revela a necessidade de fechar o pacote quanto antes. Far-se-á o deslocamento de Itajaí/Balneário Camboriú, para Navegantes, segunda-feira, dia 08/11/2010, e retorno em 14/11/10. Chegar-se-á a Belo Horizonte e o restante do dia livre para instalação e ambientação. No dia 9, será dedicado a conhecer BH (City Tour). Em 10, 11 e 12 visitar-se-á Inhotim, com visitas temáticas: de arte, panorâmica e ambiental. Dia 13/11/10, ida a Ouro Preto. Saída do hotel e retorno em 14/11/10, com previsão de chegada, à tarde, em NVG . Os horários, dependem de confirmação da companhia aérea, que serão confirmados no momento da reserva.

 

AAPI/FRANCI

AAPI 2010 Todos os direitos reservados - Desenvolvimento Webbrasilsul